💡 Por Que Certas Pessoas Reclamam Tanto? – Reclamar Demais Pode Ser Doença!

5 min de leitura

----------------------------------------------------------------------- Faça parte da minha Lista VIP e receba todas as minhas novidades em primeira mão no seu e-mail.



 

Se você não faz parte das pessoas que reclamam por tudo e por nada, já deve ter feito essa pergunta do título para si mesmo(a) antes.

Afinal, por que certas pessoas reclamam tanto? Continue lendo e você vai descobrir os motivos detalhadamente neste artigo.

Quem é que não conhece aquela pessoa que além de nunca estar satisfeita, fica buscando incessantemente algo ou alguém para reclamar/culpar? Que vive menosprezando o que tem, se colocando para baixo, reclamando de coisas pequenas, e que agarram-se em mesquinhices.

Reclamam do seu cônjuge, do(s) filho(s), reclamam do tempo, do trabalho, do trânsito, do sol, da chuva, da rotina. Reclamam quando acordam, reclamam quando vão dormir, reclamam de algo que ficou/está faltando, do que excedeu-se, de algo que está para acontecer, como a do que já aconteceu. Reclamam do erro do outro, ainda culpa esse outro pelo erro que o “reclamão” cometeu.

Infelizmente, o mundo está empesteado de gente assim! Negativas, pessimistas, vitimistas, ignorantes e tomadoras.

OBS.: Se você é uma delas, talvez não consiga ler o texto todo até o final (poderá causar grande incômodo).

⚠️ O Blog PE é um site dedicado a compartilhar conhecimentos sobre o ser humano de forma profunda que conta com o suporte de seus apoiadores. Clique aqui para saber como ajudar e ganhe recompensas excepcionais.

 

Entendendo a reclamação

Reclamar, a grosso modo é falar daquilo que você não quer, ao invés do que gostaria. É escolher dar enfoque ao lado negativo, ignorando o positivo.

Primeiramente, saiba que reclamar é normal. O ponto menos bom está no excesso dela. Como afirma a psicóloga Sylvia Flores: “Reclamar de tudo, mostra que essa pessoa sente raiva quase que o tempo todo. porque a reclamação vem da raiva. Da raiva em perceber as coisas como sendo inadequadas (para quem reclama).”

Há diferença em reclamar e comentar que algo não está bom, a reclamação é sobrecarregada de energia negativa e não visa nenhum lado positivo da situação em questão. Comentar já é mais suave, este ato não carrega nenhuma emoção tóxica (para a pessoa, nem para quem está próximo).

Pessoas perfeccionistas quando não conseguem conter as suas emoções, tendem a reclamar muito, do que muitas vezes possa ser insignificante.

Assim como o perfeccionismo, pessoas “reclamonas”, provavelmente são aquelas que na infância foram ensinadas a serem sempre “boazinhas”, “andar sempre na linha”, serem repreendidas demasiadamente quando cometiam um erro, e ainda assim, recebiam críticas muito severas (para qualquer idade).

A partir daí, a criança começa a sentir raiva frequentemente, ou mesmo sentimentos de culpa constante, passando a entender que o certo e o errado tem uma grande carga de conotação moral.

Ou seja, o certo e o errado não são simplesmente o certo e o errado. As coisas têm que acontecer da maneira como essa pessoa quer, passando a ser moralista em relação a tudo e todos, punindo constantemente os outros e as situações da forma como é-lhes concebível.

Tornando-se um resmungão compulsivo/resmungona compulsiva. Este é um termo que (acredite ou não) existe na literatura de Recursos Humanos, de gestão de pessoas.

 

Você também pode se interessar:

⚫️⬇️ Entenda de uma vez por todas porque somos tão diferentes biopsicossocialmente →

⚫️ Como eliminar os incômodos pela raiz em 3 passos simples →

⚫️ Como lidar com o fracasso →

⚫️ Comece a atrair o que você quiser agora →

[Poema] Por que você não erra? →

 

Os bloqueios de um resmungão compulsivo

Ser um resmungão compulsivo/resmungona compulsiva traz sérios prejuízos tanto para a pessoa, quanto para quem está em volta. Veja logo abaixo a lista desses prejuízos:

  1. Baixa autoestima;
  2. Inveja;
  3. Preguiça;
  4. Elevada tendência para se vitimizar ao invés de ser protagonista;
  5. Briga/Dramatiza frequentemente por coisas pequenas;
  6. Verborragia: usa excessivamente palavras para expressar algo sem muita relevância;
  7. Sente-se rejeitado (geralmente, muito mais do que possa estar sendo) e vive reclamando disso também;
  8. Dificuldade para receber os feedbacks que a vida lhe dá;
  9. Dificuldade para perceber aspectos positivos na vida, inclusive grandes oportunidades;
  10. Se incomoda com quase tudo. Portanto, possui sérias dificuldades para manter seus relacionamentos harmônicos, sobretudo com pessoas próximas e por um longo prazo;
  11. Quer estereotipar pessoas e situações o máximo que conseguir;

Se você já viu o meu post sobre a pior doença do mundo, deve ter identificado que o “reclamão” tem muitos pontos em comum com a portadora da pior doença do mundo, pois é muito provável que ela esteja infectada.

 

⚫️ Descubra qual é a pior doença do mundo e como curá-la →

 

Você reclama muito? – Exercício

Para finalizar este artigo, sugiro que você faça um simples exercício consigo mesmo(a).

Você sendo uma pessoa que reclama demais, ou não, sugiro que se esforce para passar um dia sem reclamar de nada, muito pelo contrário, apenas exercite a sua gratidão (verdadeiramente).

Com uma ressalva: esse dia não pode ser atípico da sua rotina.

Quanto mais dificuldade você sentir para se calar ao invés de reclamar, e/ou de encontrar motivo(s) para agradecer, maior será o seu índice de ser uma pessoa “reclamona”. Logicamente, quanto mais incômodo este (simples) exercício for para você, mais vezes você terá que fazer.

Lembre-se que esse é um exercício interno. Você pode ser super positivo(a) com outra(s) pessoa(s), mas os seus diálogos internos podem ser bem diferentes do que você possa externalizar para certas pessoas.

A vida lhe coloca aonde você se prepara para chegar. Temos a vida que merecemos.

“Você está hoje onde seus pensamentos o trouxeram e estará amanhã onde seus pensamentos o levarem.”

– James Allen

 

⚫️ Tenha mais gratidão e menos desculpas →

⚫️ Como melhorar fazendo algo que você não gosta/quer  →

 

Você reconhece que é e/ou conhece pessoas que reclamam demais? Já fez esse exercício antes?! Comenta aí o que você achou do que acabou de ler que eu irei lhe responder.

Grande abraço e até o próximo artigo!

⚠️ O Blog PE é um site dedicado a compartilhar conhecimentos sobre o ser humano de forma profunda que conta com o suporte de seus apoiadores. Clique aqui para saber como ajudar e ganhe recompensas excepcionais.

 

Pedro Emanuel | Artigos Épicos Sobre Ser Humano.

----------------------------------------------------------------------- Faça parte da minha Lista VIP e receba todas as minhas novidades em primeira mão no seu e-mail.



 

Gostou?! Então por que não compartilhar? =)

Outros Artigos: